shampoo pra quem não precisa de shampoo

Encontrei um blog muito bom de um camarada que provavelmente tem o mesmo problema que o meu. Mas ainda não descobriu a solução. Aqui tem um post que ele fez sobre a cilada que é comprar shampoos. Eu ainda não cheguei nesse caso, mas quando a careca chega nesse ponto, acho que é isso que você sente na frente da prateleira. Pra mim é mais fácil, só chegar, pedir Finalop pro cara da farmácia, pedir pra ele embrulhar pra viagem e sair correndo.(hahaha)

Pra ler mais, entra no blog dele, que é muito legal.

“De seis em seis meses, mais ou menos, chega o dia de comprar Shampoo. Sim, esse assunto já foi discutido e elucidado inúmeras vezes nesse blog, mas sempre é bom lembrar aos cabeludos desavisados que carecas usam shampoo. Sim, eu sei que eu raspo com máquina zero, mas eu uso shampoo. Sim, meus cabelos aqui dos lados ficam sempre muito curtinhos. Mas ainda sim eles são cabelos, ao contrário da maioria presente (ausente?) eles não me abandonaram e merecem ficar limpinhos. E eu tenho uma careca cheirosa. E tenho dito.

É um desgaste toda vez que eu falo de shampoo…

Mas enfim, chegou o jubiloso dia da compra. Evento que me faz ir mais feliz ao supermercado. Hora de contemplar aquela gôndola enorme que permanece ignorada por tantos meses, com suas fileiras imensas de tubos coloridos.

Na época em que eu tinha franja, vendia-se apenas três tipos de shampoo: pra cabelo seco, oleoso ou normal. O mais diferente que existia era condicionador neutrox. Hoje em dia cada marca tem dez modelos diferentes. Bom, o jeito foi ler as embalagens e ver se alguma coisa combinava com as minhas necessidades.

Cachos soltos. Não. Na verdade eu tenho os caixos soltos mesmo. Soltei de mais, eles se perderam e nunca mais conseguiram voltar pra casa. Mas eu não sou viúvo de peruca, não tô esperando ninguém voltar.

Hidra Liss. O que é isso? Se eu tivesse que usar algo Hidra Liss eu não saberia o que eu sou.

Oil Repair. Esse eu compraria pra por no carro. Desculpa mas Oil Repair não é nome de shampoo, é nome de aditivo. Você nunca foi no posto e o frentista te tentou empurrar isso? “Dotô, o sinhô vai querer o Maxxi Power Plus ou o Maxxi Power com Oil Repair?

Long Strong. Bom, essa parte do corpo eu lavo com sabonete mesmo.

Volume controlado. Esse era bom pra Jô. Porque ela fala mais que cego na chuva, se desse pra regular o volume daquela mulher ia ser uma maravilha, eu nem precisava sair de casa quando ela vem aqui fazer limpeza. Botava no mute e ficava tranqüilo.

Quimi-resist. Também não porque aqui num mi resistiu porra nenhuma. Caiu tudo no chão.

Normais. Se eu não sou normal, meu cabelo muito menos (alias é muito menos mesmo. Menos cabelo).

Custava alguém fazer um shampoo para poucos cabelos? Ou um shampoo para cabelos fiéis? Ou quem sabe um para cabelos afastados uns dos outros?

Despois de quase ser vencido pelo cansaço e pela decepção de ser ignorado por toda a indústria farmacêutica mundial, ali, quase escondidinho, bem na prateleira de baixo, finalmente encontrei um shampoo feito pra mim:

Brilho deslumbrante. Bota aí uns óculos escuros que é hoje que eu vou dar um lustre no telhado.”

Anúncios

Tags: ,

Uma resposta to “shampoo pra quem não precisa de shampoo”

  1. Ingrith Says:

    Primeiro que eu nem imaginava que careca usava shampoo, rsrs

    Me diz, e aqueles sem sal? hahahahaha Será pra cardiacos e pra doentes renais?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: